OS ESPECTROS


ENCENAÇÃO 

RUI MADEIRA

[2002]

DE

 

HENRIK IBSEN

OS ESPECTROS

Gengangere  (1881)

Co-produção com Centro Dramático Galego

 

Numa atmosfera branca. Uma casa vazia de homens. Uma casa de mulheres. Por razões da vida… e que vida! O que se vê nunca é a realidade. O público e o privado. A casa como espaço de terapia para se aguentar a rua. A pessoa e a sociedade. Nunca saberemos quem somos e do que somos capazes. Os outros obrigam-nos à definição. Um tapete estendido por Ibsen, numa atmosfera branca, para darmos largas às nossas mais verdadeiras e profundas realidades da alma. Espectros.

 

Rui Madeira

  • Branca Ícone Vimeo
  • Branca Ícone Instagram
  • w-facebook