O FIM

 ENCENAÇÃO

 

RUI MADEIRA

[1993]

DE

 

ANTÓNIO PATRÍCIO

 

O FIM

O Fim (1909)

António Patrício​

Uma tentativa de transportar o não espectacular para o palco, num diálogo com o púbico. A tentativa de valorizar o humano que a energia do acto ainda encerra. Um espectáculo sem importância. Hoje nada nos surpreende. O espectáculo está nas montras das lojas, nos espelhos, está colado ao corpo. O espectáculo, o verdadeiro, esta na Somália, no Iraque, na Bósnia, nas camisas de vénus às flores. Como surpresa está, afinal, quando a Morte nos apanha desprevenidos…

 

Rui Madeira

  • Branca Ícone Vimeo
  • Branca Ícone Instagram
  • w-facebook