DE

 

PAUL CLAUDEL

ANÚNCIO FEITO A MARIA

ENCENAÇÃO

 

RUI MADEIRA

[1990]

O ANÚNCIO FEITO A MARIA

L'Annonce faite à Marie

Paul Claudel 

O Anúncio Feito a Maria montado em 1990 pela Companhia de Teatro de Braga constitui para a equipa de então um desafio equivalente àquele que Mara lança a Violante no coração da noite.

Privada de viabilidade económica pelos poderes culturais de então, a Companhia cometia um imprevisto ato de ressurreição e renascia das cinzas dum ilusório contrato social entre o Estado pós-revolucionário do Portugal dos anos 80 e os criadores que se emprenharam numa espécie de projecto de regionalização avant la lettre et l’esprit.

E, com a maldade vital e transformadora de Mara, exigiu-se que a lepra servisse para alguma coisa.

Porque mal-estar, doença e morte fundam sempre o gesto de criação, irremediavelmente condenado, mas, quando verdadeiro, incapaz de luto.

A seara da memória que Violante evoca é mais bela e real do que todas aquelas que a leprosa viu crescer. Assim os textos, todos eles portadores da insignificância da morte face à improbabilidade triunfante da vida. Não faremos o luto da revolução. Digo.”

 

Regina Guimarães

  • Branca Ícone Vimeo
  • Branca Ícone Instagram
  • w-facebook