DE

 

ANTÓNIO PATRÍCIO

O FIM

ENCENAÇÃO

 

RUI MADEIRA

[1986]

O FIM

O Fim

 

António Patrício

O FIM. Porquê O FIM? Porque é um amor antigo, sempre adiado e sempre renovado. Porque é “feito aqui” nesta Casa Penhorista. Um espaço de Memória da Cidade e dum Tempo. Um espectáculo feito de memórias.  Um texto premonitório, que “nos fala” de nós, ontem, hoje e amanhã; da queda de um regime, mas que toca mais fundo m cada um de nós.É o fechar dum ciclo onde tudo está a ruir, as coisas e as pessoas… que fala da solidão e da ternura doce e calma do convívio com a Morte… da saudade… do silêncio…

 

Rui Madeira

  • Branca Ícone Vimeo
  • Branca Ícone Instagram
  • w-facebook