DE

 

AUGUST STRINDBERG

A MENINA JÚLIA

ENCENAÇÃO

 

LUÍS VARELA

[1985]

A MENINA JÚLIA

Miss Julie

August Strindberg

As relações homem/mulher, amor/ódio, dominador/dominado são analisadas e dissecadas. Menina Júlia, reflecte as posições antagónicas de Strindberg: por um lado simpatiza com João, no seu desprezo pela aristocracia em decadência, por outro lado simpatiza com Júlia, no seu desprezo pelas massas e pelas classes mais desfavorecidas, que vê como grosseiras e oportunistas. Estas posições vão desenvolver-se em duas grandes linhas: a luta dos sexos e a luta de classes.

 

Dr. Gonçalo Vilas-Boas

  • Branca Ícone Vimeo
  • Branca Ícone Instagram
  • w-facebook