DE

 

GÜNTER GRASS

A CHEIA

[1980]

ENCENAÇAO

 

MÁRIO BARRADAS

A CHEIA

Hochwasse

Günter Grass

Trata-se aqui dum momento histórico particular: é a Alemanha dos anos 50, o post-guerra onde se confrontam a presença das ruínas resultado duma verdadeira catástrofe mundial e a necessidade da reconstrução do futuro. Sobre este passado recente e este presente, Günter Grass escolheu para se exprimir a metáfora. A inundação ou a cheia, cataclismo natural acaba por ganhar o significado dum verdadeiro destino colectivo onde todos são responsáveis e vítimas…

 

Christine Zurbach

  • Branca Ícone Vimeo
  • Branca Ícone Instagram
  • w-facebook